quarta-feira, 3 de maio de 2017

Dubrovnik, Croácia

Oi Gente, Estamos nos aqui na considerada como a "pérola do Adriático" é muito linda !!!. Saímos de Zadar ás 6 h e rodamos por 9 h. |O ponto interessante da estrada foi quando de repente paramos num posto policial o motorista falou em Police Control, daí eu comentei com Luis , de novo, nunca vi num mesmo país a Policia fazer controle de Passaporte duas vezes.. Mas enfim, pegaram todos os passaportes dos passageiros (inclusive os nossos 😅), o prior aconteceu quando o ônibus foi embora!! ficamos sem entender. Perguntei para o motorista, depois de alguns minutos por nossos passaportes, Ele disse que devolveriam na Croácia😏Dai fomos para o Google Maps e descobrimos que estávamos na Bósnia! e depois de algum tempo o ônibus para e os passaportes são entregues  todos juntos em uma bandeja. Passei um sustinho!

Mas enfim, estamos aqui em Dubrovnik. A cidade fica no meio de morros de pedras, subidas e descidas, bem diferente de todas cidades que estivemos até agora. Lembrou-se a Grécia, só que o estilo é medieval, com um castelo e um forte que a fazem bem medieval mesmo ( foram filmadas cenas da série Games of Thrones.) todo mundo quer fazer um Selfie lá.
A chegada foi terrível pois não sabia que ao invés de ficar tentando decifrar um mapa gigante que tem na parede da rodoviária deveria ter ido ao guiche no.3  que dá informações sobre ônibus, daí perdemos o ônibus para nosso bairro Lapad, a cidade é pequena, mas as ladeiras assustam, arrastar mala em ladeiras não dá, táxi pediram 100 kunas, para uma distância pífia. Desta forma restou-nos esperar o próximo ônibus, que seria o numero 7 e demoraria 1 h. Compramos o tickt , 6 reais por pessoa, e aguardamos...  Contamos com a ajuda de uma Croata para achar a rua. o bairro é ótimo e o apartamento também.

Jantamos Frutos do mar, frescos e deliciosos (e caros!) E o que falar deste sol maravilhoso?



Esse mapa mostra  o espaço entre os países, veja que é uma estreita faixa entre eles a história é interessante, veja no Link



As  muralhas do castelo de Dubrovnik (150,00 kunas para entrar) , são um dos mais importantes símbolos da cidade. A série Game of Thrones teve filmagens aqui. Muitos jovens fazem questão
dos imprescindíveis selfies.
A cidade fica entre montanhas , para qualquer lugar que você se dirija há montanhas. A rodoviaria
fica no ponto zero .. imagine o porque de ser tão caro o taxi de lá para qualquer lugar. Aliás, tudo em
Dubronvik é muito caro! um almoço para dois em torno de 200,00 reais. enfim,  Começamos a andar
Do bairro que ficamos Lapad e fomos até o centro da cidade , mais ou menos 30 minutos de ladeiras.
Quando chegamos ao centro foi uma surpresa total, primeiro porque no caminho não via ninguém e quando chegamos lá um multidão  do mundo (principalmente orientais!). Além disso, que
coisa mais original, mais original e diferente,  bem medieval, fantástico!


Essa rua é a principal da Old Town. Sensação muito boa estar nela. Ao por do sol entra um revoada
de andorinhas que fazem um coro lindo de se ouvir é u espetáculo  parte como disse minha amiga

Márcia Vattimo! Voltando para Lapad, vimos esse caminho e algumas pessoas indo para lá...

 Era hora do por do sol e vimos um pr do sol inusitado.. uma trilha que beira o mar e acaba numa rua cheia de resorts bem chiquesm

 No dia seguinte novamente fomos de Lapad para o Old Town.
 A cidade emana alegria com suas  paisagens lindas, chega a dar medo as escarpas.
 Chegando no Centro hstórico fomos subir o bonde para ver a vista da cidade, 80 reais para duas pessoas, somente ida. se for ida-volta fica por 130,00. Mas queríamos descer pela trilha...


Palad fica entre esses dois morros... muito lindo esse bairro









No caminho encontramos Marisol , Mari, que tirou nossas fotos ela é argentina e está viajando pelo mundo por três meses
Abaixo o início da trilha para quem preferir. Amei fazer essa descida. Lá em cima está um pouco descuidado, tem um memorial bem simples sobre a guerra pela libertação deles (conforme falei no início do Post), mas a vista é de tirar o fôlego.
Depois que descemos, fomos á pé para a rodoviária. Imagine o tamanho da ladeira, afff, mas queria ir andando, só assim sinto a sensação de conhecer a cidade. demoramos mais de 30 minutos de descida
até a rodoviária. Na volta , aquele sufoco para esperar o ônibus. O sistema de transporte de Dubronvik é muito limitado. os ônibus demoram e só tem um para cada lugar. Taxi carissimo. Enfim, esperamos
o demorado numero 7 para Lapad. Almoçamos no Madonna, ver no post de restaurantes, depois
fomos para o centro, a n d a n d o, acredite... acho que foi o dia que mais andei na viagem.
essas andanças sempre rolam sorvetes, e busca de uma loja para comprar algo!!! vocês acreditam
que não tem shopping na cidade? nao que eu seja viciada em compras, mas também não vamos exagerar.. . Bem foi ótimo voltar andando ao entardecer... ver as luzes começarem a brilhar.. os pianos
tocarem... as japas e chinas comerem lagosta nos bares das calçadas... enfim a vida acontecendo

mas o melhor foram as andorinhas voando em nossas cabeças parecendo que queriam nos tocar



video


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Amigo: Se você achou o BLOG útil, se quiser mandar um alô ou informar algo, agradeço seu comentário: