quarta-feira, 3 de abril de 2013

Mar Morto

Ontem, terça -feira, fomos pela manhã ao Mar Morto. Quando se sai de Jerusalém é que você tem noção de que está num deserto total!!! não tem uma árvore sequer : deserto!!!!  as montanhas   (tipo morros de barro bege),  a estrada e de vez em quando uma plantação de Tâmaras (aquelas palmeiras comuns por essas bandas!) e de vez em quando aparece um Kibutz: comunidades de agricultores  que fornecem produtos agrícolas para  Israel e funcionam em um regime parecido com socialista e desempenham papel importantíssimo para o Estado em toda a história, leia o link. Eles cultivam  em estruturas cobertas, incrível, mesmo!!. Quando vi os arredores de Jerusalém achei o semi-árido brasileiro muito semi, rs.

Não vivi a emoção do Dead Sea pois a preguiça de arrumar o cabelo foi maior. Sei apenas que Luis  não afundava de jeito nenhum, por mais que tentasse .Para chegar lã, pegamos um ônibus na Estação Central e em uma hora  chegamos à En Gedi a primeira  praia pública do Mar Morto. O local parece um balneário você pode alugar toalhas, compra sabonete e shampoo e paga 2 ils para usar chuveiro e banheiro. O sol  estava de rachar.... mas tinha gente acampada no local... e a água fria, segundo Luis.
O mar é lindo azul celeste e totalmente transparente. Em alguns lugares tem uma lama que  é considerada milagrosa por contes muitos minerais (tem um cheirinho..) a costa do Mar Morto é cercada de balneários e tem uma parte que só tem Resorts chiquerrésimos de Meridian pra lá. Esse local é super arborizado e gramado, nem parece que estamos num deserto... e a praia é mais larga e lotada de  estrangeiros...












 




As montanhas beges e as Tâmaras





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo: Se você achou o BLOG útil, se quiser mandar um alô ou informar algo, agradeço seu comentário: