Roma!

ROMA – 07-04

A primeira impressão não foi boa. Estação meio abandonada, suja, velha. Em comparação com as outras. Mas quando se entra na Estação Termini essa impressão se desfaz, é muito grande e bonita.

Quando chegamos nos perguntamos o que fazer? Como achar o hotel? Primeiro compramos o bilhete de metrô. Dai fomos procurar informações turísticas. Depois de descer e subir muitos degraus, achamos.Uma mulher tão arrogante nos atendeu nos interrompeu o espanhol e perguntou se eu falava inglês. Fiquei tão intimidada que não consegui falar mais nem o português! Mas enfim nos informou que era o ônibus 38 (perdemos o ticket do metro) e que teríamos que descer na 11 parada da avenida do corso. Não entendi onde pegar o ônibus mas não voltei para perguntar pois estava tão estressada, cansada e intimidada. Enfim conseguimos achar a estação central termini de Roma e pegamos o 38. Uma imigrante (parecia da América do Sul, nos ajudou). O hotel fica numa rua transversal chamada Gradiza, o bairro não é longe do centro mas não é centro, é residencial, meio deserto mas muito agradável.
O hotel é maravilhoso!: tem tudo de moderno que um Mercure tem no Brasil tem ate Banheira a qual muito tenho usado! (bem novinha) Não tem café ( mas proximo tem um Bar (espécie de padaria, lanchonete restaurante etc) que tomamos o café da manha: yogurt, sandwich quente, cappuccino, espresso, brioches, água de 1 litro tudo para 2 por 9 euros! No hotel sairia 13 por pessoa. (sem a água). Acho que o nome è Bial. Chamam de BAR e tem uma placa Gastronomia. Neste lugar convive-se com os nativos (falando alto e tudo) ai foi que vimos que em Roma se come verduras pois os restaurantes turísticos só têm salada, não vimos verduras como neste.

Visitas do dia:
1. Coliseu: dispensa comentários é fantástico mesmo! 11 euros por pessoa.
2. Palatino: É um enorme sitio arqueológico dentro de Roma. O local era morada da elite aristocrática e autoridades da Roma antiga. Vimos casas de famosos como Augusto (a casa não mede metros, mede km é uma imensidão!) foro de Roma, diversas ruínas de monumentos, jardins, igrejas, torres, diversas coluns, anfiteatros , enfim é algo inacreditável. Uma cidade dentro do centro de Roma.
3. Visitamos o maior monumento do mundo: o Vitorrino (encontra-se o monumento ao soldado desconhecido) é lindo. Data da época que Roma foi unificada (não é Roma antiga), mas é estilo romano algo imenso. Tem uma torre que pagamos 7 euros por pessoa para subir. E lá se vê toda a Roma antiga. Muito lindo mesmo.
4. Neste mesmo dia vimos (mas não entramos) Pantehon, praça Navona,
5. Praça de Campidoglio, desenhada por Michelangelo - dois leões guardando a entrada e 3 palácios no entorno)

Chegamos no hotel 10:30 e foi um estresse. Luis quis ir por outro caminho (avenida Navona) porque o onibus (82) saia da praça Venezia (a mais central) só que não sabíamos ao certo onde descer e o caminho para o hotel por essa avenida temos que andar por dentro do bairro por algumas ruas. Ai que medo! Tudo deserto e eu fiquei nervosa pois não achávamos o hotel. Mas no final achamos e deu tudo certo, enfim!

ROMA - 08-04

Acordamos tarde (cansaço do dia anterior) 9 horas. Fomos ao Vaticano. Meu Pai! Que grandiosidade. Chega assusta. Visitamos:

Piazza San Pietro
Basílica San Pietro
Cúpula de San Pietro
Pantenhon desta vez por dentro
Igreja De San Luigi de Francesi (esta igreja tem afrescos de Cravaggio é muito fmosa e visitada, como quase todas as igrejas parece um Museo)

A praça São Pedro foi um projeto de Michelangelo (com outros) o marco central foi trazido pelo Imperador Calígula (Roma Antiga) e foi mantido lá. A igreja tem a cúpula de Michelangelo e La Pietá uma das mais importantes obras de Michelangelo (única que ele assinou) E a maior igreja do mundo. Impressionante mesmo! Fico pensando se o fato de Jesus (que deveria se a figura mais importante do Cristianismo) ter nascido em uma manjedoura (lugar dos animais dormirem) não tem significado para as pessoas que inventaram o catolicismo! Meu Pai que grandiosidade a igreja de São Pedro. Não tem palavras que exprimam!!
Pagamos 5 euros por pessoa para subir a cúpula. A partir de um certo momento da subida a escada só cabe uma pessoa. São 330 degraus, lembrou-me a casa de meu irmão em lençóis (as escadas que so cabem um). De lá de cima tem-se a vista de todo o Vaticano. É lindo. Os prédios, os jardins. E tudo hiper, mega ultra grandioso!!
Neste dia Choveu, choveu choveu..... Mas sobrevivemos

Visao geral ate agora.
Roma é maravilhosa. A cada esquina um monumento, uma sitio arqueológico, em plena cidade. Tudo se mistura: antiguidade, modernidade e atualidade. E Historia pura. Fantástico. E uma grande capital com todo seu estresse, mas não dá pra não se encantar.
Desculpem-me a forma de escrita. Não e a melhor. A internet e caríssima, como já falei (24 reais por hora), não da pra demorar muito tenho que escrever correndo. Desculpem os erros. Gostaria de contar mais coisas, mas não dá.

Comentários

Postagens mais visitadas